7 Praias Fluviais da Região Centro de Portugal

É certo e sabido que Portugal tem paisagens únicas que oscilam entre as serras e as praias, as planícies e as montanhas. É também por entre esses montes e vales que encontramos espetaculares praias fluviais.

 

Durante este ano atípico em que Portugal foi o destino descobri óptimas praias fluviais, em particular na Região Centro do país, e às quais aconselho uma visita enquanto houver calor (ou não)!

 

Praia Fluvial da Peneda

A Praia Fluvial da Peneda, na vila de Góis, foi uma das praias a que regressei este ano! Devo dizer-vos que em nada me arrependi por lá voltar. Esta praia, além de grande e espaçosa (e que recebeu bastantes melhorias desde a última vez que a visitei há mais de 10 anos), situa-se precisamente no centro da vila, onde as águas do rio Ceira atravessam a ponte quinhentista mandada erigir por D. João III, dando-lhe uma graça e um carisma únicos.

Relativamente perto da praia ficam também o Parque de Campismo de Góis e o Góis Moto Clube (onde se costuma realizar anualmente, por volta do mês de agosto, o conhecido encontro motard de Góis). Embora exista estacionamento nas redondezas da praia, em dias de maior afluência estacionar pode verificar-se uma tarefa mais difícil.

 

Praia Fluvial de Olhos de Fervença

Esta praia fluvial no Município de Cantanhede foi uma grande surpresa. A meio caminho entre a vila de Ançã (da qual já vos falei aqui) e da Praia da Tocha, esta praia fluvial de águas verdes translúcidas é possível graças à represa que prende as águas da nascente dos Olhos de Fervença no sopé da colina relvada onde não falta espaço para as toalhas, os piqueniques, os jogos ou as esplanadas. Do complexo da praia faz também parte um pequeno parque de estacionamento.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Nádia Costa (@ideviajarmulher) a

 

Praia Fluvial de Olhos D’Água

O que mais me impressionou na Praia Fluvial de Olhos d’Água, no Concelho de Alcanena, foi a cor e transparência incríveis da água que brota das profundezas ali mesmo.

Além de apanhar banhos de sol na espaçosa praia de águas transparentes, é também aqui possível visitar na mata circundante algumas grutas naturalmente cavadas na rocha calcária da região (como vos falei aqui), assim como o Centro de Ciência Viva do Alviela – Carsoscópio que ajudará a interpretar cientificamente toda a zona.

Nas imediações da praia ficam também alguns cómodos como o Parque de Campismo Municipal, um hotel, um parque de merendas, um parque infantil ou um enorme parque de estacionamento.

 

Praia Fluvial das Fragas de S. Simão

Num dos mais bonitos lugares que conheci neste verão por Portugal, as Fragas de S. Simão (de que vos falei aqui), encontra-se uma das mais bonitas praias fluviais que já vi. A envolvência do local, ainda aparentemente selvagem, reserva pouco espaço para toalhas e grandes banhos de sol, mas transmite uma sensação única de contacto com a natureza. As águas límpidas da Ribeira de Alge que atravessam as fragas por entre as rochas, deixando ver as pedras no fundo, tornam aquele lugar num espaço único de beleza.

Na praia existe também um pequeno bar que serve refeições rápidas, além de uma pequena zona para merendas. Nas imediações existem alguns locais para estacionamento, porém, como este é um lugar com alguma afluência pela sua beleza, o estacionamento pode não ser fácil.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Nádia Costa (@ideviajarmulher) a

 

Praia Fluvial da Louçainha

A Praia Fluvial da Louçainha já não é uma descoberta deste ano atípico, contudo, não quis deixá-la fora da lista, muito pelo facto de se situar num local onde é possível visitar muitos outros locais de interesse, como já vos contei aqui.

Esta praia fluvial do concelho de Penela situa-se na Serra do Espinhal, junto à Ribeira da Azenha. Embora não seja uma praia com muito espaço para estender toalhas, torna-se num local bastante agradável para usufruir em dias mais quentes. Nas imediações existem um razoável parque de estacionamento e ainda um restaurante.

 

Praia Fluvial do Reconquinho

Embora já conhecesse esta praia do Município de Penacova, muito às custas das descidas do Rio Mondego em caiaque, recentemente voltei a revisitá-la para cumprir o Roteiro do Arista (de que vos falei aqui). Esta praia fluvial no sopé da colina da vila de Penacova faz fronteira com a mítica EN2 e permite a quem a visita a fruição de um extenso areal e das águas correntes do Rio Mondego. Atualmente é também possível fazerem-se viagens na réplica de uma tradicional Barca Serrana.

Junto à praia existe um bar/restaurante, assim como o Parque de Campismo Rural de Vila Nova e, naturalmente, um parque de estacionamento.

 

Praia Fluvial do Vimieiro

Também no Município de Penacova, mas banhada pelo Rio Alva, encontramos a Praia Fluvial do Vimieiro (que também conheci graças ao Roteiro do Arista). Esta praia, não muito grande que podemos encontrar no meio da natureza e a alguns quilómetros das localidades mais próximas, está apetrechada com um bar/restaurante e uma casa de xisto que serve de alojamento local. O acesso à praia é bastante simples, sendo que existe um enorme parque de estacionamento nas imediações.

 

 

SE FORES VIAJAR
Aproveita os descontos abaixo quando estiveres a organizar a tua viagem:

 

Cartão Revolut: Regista-te com esta ligação e recebe um Cartão Revolut gratuito e aproveita, entre outras vantagens, as incríveis taxas de câmbio no estrangeiro.

 

Seguros de Viagem IATI: Faz o teu seguro de viagem na IATIIati seguros através do blogue e aproveita os 5% de desconto nos diferentes seguros especializados para viajantes.

 

Deixe um comentário

Close
%d bloggers like this: