Perder dinheiro em viagens? Sou PRO!

Todas as pessoas têm histórias caricatas ou mirabolantes envolvendo acontecimentos das suas viagens.

Eu, como qualquer outra pessoa, também tenho as minhas; o problema é que envolvem quase sempre, por vezes literalmente, perda de dinheiro! Senão, vejam:

 

Cheguei ao aeroporto sem mala

Destino: Madeira. A minha primeira viagem de avião, era eu ainda uma miúda de 12 anos que tremia só de pensar que ia levantar voo! A viagem noturna até ao aeroporto decidiu-se que seria de Rede Expresso, efetuando paragens em algumas cidades antes de chegar a Lisboa.

Até aqui tudo bem se não fosse dar-se o caso de, quando chegada ao aeroporto, a minha mala ter desaparecido e, no lugar dela, ter ficado uma mala idêntica! Escusado será dizer que, ficando sem os meus pertences, as primeiras horas na Madeira foram passadas nas compras! 💶🛍

Acabei por reaver a minha mala no regresso das férias, pois a pessoa que a trocou ligou para os contactos do cartão de identificação da bagagem e combinámos um local para trocar as malas. Sim, trocámos as malas porque levámos a mala trocada até à Madeira; um erro terrível que poderia ter tudo para correr mal e onde só por sorte correu tudo bem, por isso, NUNCA FAÇAM ISTO: nunca transportem malas que não sejam vossas.

 

Levantei dinheiro ou talvez não…

Cerca de 10 anos depois da Madeira era Roma o local que me recebia numa viagem com amigas. Na última noite passada a passear por Roma eis que, depois de jantar e antes de regressarmos ao B&B, decidi levantar dinheiro para as despesas do regresso a Portugal, algo absolutamente normal.

Chegada ao B&B e a preparar as coisas para regressar no dia seguinte chegou a hora de fazer cont… Oi? Mas onde está o dinheiro? 🤨😳😟 Pois é, o dinheiro ficou na caixa multibanco onde o levantei, mas de onde nunca o retirei da ranhura… 😩🥺

Por que é que isto aconteceu? Porque as caixas funcionam ao contrário das portuguesas. Enquanto que em Portugal o talão é a última coisa a sair, em Itália o talão saiu antes do dinheiro… no meu cérebro português, ter o talão na mão significa ter o dinheiro na carteira! #soquenao

Resta-me esperar que aquele dinheiro tenha vindo a ser útil a alguém em franca necessidade. 🤞🏼

Saber mais sobre…

 

Não vi o parquímetro nem as horas

Ah, Londres! Uma das cidades mais cosmopolitas e heterogéneas que visitei. Tão heterogénea que não reparamos no parquímetro do estacionamento onde responsavelmente deixámos o carro… lá se foram £25 do orçamento só para pagar a coima que gentilmente nos foi colocada no pára-brisas (isto com desconto de 50% por termos pago atempadamente em 14 dias)! (Na verdade a falha de pagamento foi em Windsor, mas achei que a história resultava bem no encadeamento do elogio a Londres!)

 

Porém, como se não bastasse pagar coimas, dias depois perdemos as horas e acabámos a pagar 1 dia do aluguer do carro que não fomos levantar em tempo útil… o melhor é mesmo andar a pé! 🚶🏽‍♀️

Saber mais sobre…

 

Perdi um avião

Esta merece aquela habitual piada seca de “como é que perdeste um coisa tão grande?”. Pois, não sei.

Estava no aeroporto a horas de embarcar para Madrid. Cheguei à fila do checking com tempo. Não ouvi qualquer chamada para o voo. Mas assim que mostro o bilhete no balcão dizem-me que o checkin já fechou! Fiquei piursa (o meu termo para “pior do que ursa”)! 🐻🐻

 

Resultado: além de perder meio dia de passeio por Madrid, tive que comprar um novo bilhete para o voo da tarde (tão caro como os dois voos ida e volta que tinha comprado de antemão) e, como se não bastasse, ao entrar no avião ouvir a assistente de bordo dizer em tom irónico “Ah! Estas são as meninas que perderam o voo da manhã!”. Sim, fomos, obrigada por lembrar, de facto era algo que já tinha apagado da minha memória (e da carteira, visto que de repente ficou vazia…)! Ai, ai… 😒🙈

 

Deixei o aeroporto sem mala

Não podia terminar este rol de 5 histórias, principalmente depois de ter começado por uma em que parti sem mala, sem contar o dia em que regressei ao aeroporto e não tinha mala!

Tenho que dizer que o momento da passadeira é daqueles em que sofro de maior ansiedade. Será que a mala veio? Será que a mala não veio? Será que vem inteira? Será? Será? Será? São muitos “serás” que o regresso dos EUA deixaram só com uma resposta: a passadeira vazia!

 

Seguiram-se as reclamações e a tentativa de perceber onde ficara a mala. A conclusão é que teria ficado no aeroporto da escala, em N.Y.C., e que regressaria no voo do dia seguinte, completamente sozinha e abandonada… 😭 combinei-lhe o transporte em Rede Expresso (estão a notar a ironia aqui, não estão?) e fui buscá-la 2 dias depois à rodoviária!

Ufa, estava safa! Já podia viajar novamente 5 dias depois até Amesterdão, com todos os meus pertences e desta feita sem gastar dinheiro extra! 😁

Saber mais sobre…

 

Já sabem, para ajudar em muitos destes percalços há seguros como os da IATI. Não vale a pena sofrer, basta escolher aquele que se adequa às necessidades! 😉

Iati seguros

 

SE FORES VIAJAR
Aproveita os descontos abaixo quando estiveres a organizar a tua viagem:

 

Cartão Revolut: Regista-te com esta ligação e recebe um Cartão Revolut gratuito e aproveita, entre outras vantagens, as incríveis taxas de câmbio no estrangeiro.

 

Seguros de Viagem IATI: Faz o teu seguro de viagem na IATIIati seguros através do blogue e aproveita os 5% de desconto nos diferentes seguros especializados para viajantes.

 

Deixe um comentário

Close
%d bloggers like this: