Road trip; e agora?

Se há algo que gosto de fazer é pegar no carro e ir! Claro que este “ir” não é assim, do nada, nem para tão longe como gostaria, até porque o meu velho carrito também já não mo permite. Ainda assim, os cerca de 92.212 km2 do belíssimo Portugal estão praticamente todos ao meu alcance!

 

​Fazer road trips é algo que aprecio, não só porque gosto de conduzir e andar de carro, mas também porque se torna numa óptima forma de ir conhecendo melhor os locais por onde passo (quer cultural, quer geograficamente). Além disso, se partilharemos a viagem, podemos fazê-lo de forma bastante barata.

Habitualmente faço este tipo de viagens nas férias que calham na chamada época alta, quando as idas para o exterior são tendencialmente mais caras e, apenas por esse motivo, menos apetecíveis para mim; para além disso, com o tempo quente e os dias mais longos, torna-se mais simpático conduzir com os vidros abertos, o cabelo ao vento, parar numa montanha ou à beira mar, ver o horizonte num miradouro… ser feliz (mesmo quando metida no trânsito)!

 

Onde ir?

​Para me ajudar a escolher os destinos adquiri há já algum tempo um guia de viagem de Portugal. Pessoalmente gosto de guias impressos e bastante ilustrados, pois permitem-me colocar algumas notas escritas nas páginas e marcar os locais por onde vou passando. Optei por um guia da Coleção DK, da Porto Editora, que ronda os 30€, mas existem imensos no mercado por onde escolher, quer impressos – Lonely Planet, CityPack, Michelin, etc. – quer digitais, em versão e-book ou app, e para uma grande variedade de locais.

Para escolher o destino das minhas road trip penso em dois ou três sítios que gostaria de descobrir – isto com base no que vejo no guia, nas notícias ou em post da web – abro o Google Maps e calculo o percurso entre eles. Mais desvio, menos desvio, procuro outras cidades, vilas ou aldeias na zona que me despertem o interesse por algum motivo – se tiver castelo, estou dentro! Eheheheheh! A partir daí é ir adicionando locais à lista.

Como o Google Maps nos permite ver o tempo previsto para o percurso de carro, é fácil fazer-se um cálculo aproximado do tempo gasto em viagens, do tempo que se pretende despender em cada local e perceber se dá para regressar a casa no mesmo dia – é a parte boa de estar num país pequeno – ou se, pelo contrário, é melhor passar a noite fora. Claro que essas opções dependerão de alguns factores, como o budget que houver para gastar, o cansaço que estivermos dispostos a ter, de quanto tempo tivermos para o fazer, etc.

Aqui é também necessário ter em atenção quais os caminhos que pretendemos seguir: estradas nacionais, auto-estradas, SCUT… podem existir várias opções e o melhor é estar-se prevenido quanto a potenciais custos! Conseguimos verificar parte destas questões logo de imediato no Google Maps, no entanto, é possível utilizar outros sites ou apps, como o Via Michelin ou o Portal de Estradas, por exemplo, para calcular o valor previsto a pagar. Caso passem por auto-estradas sem dispositivo para cobrança eletrónica (as chamadas SCUT), é importante consultarem posteriormente o site Pagamento de Portagens ou o site dos CTT (app também disponível) para verificarem as referencias e datas de pagamento (habitualmente têm até cerca de 1 semana para o fazer).

Para durante a viagem utilizo habitualmente a aplicação GPS da Meo, o Meo Drive, que possibilita escolhermos algumas restrições ao percurso, como evitar portagens ou travessias de ferry, por exemplo, havendo, no entanto, outras apps que nos podem ajudar: Google Maps, Waze ou ViaMichelin GPS são alguns exemplos.

 

Onde ficar?

É depois de ter um percurso relativamente definido e um cálculo aproximado do tempo a gastar em viagens que começo as minhas pesquisas de locais para passar a noite, quando necessário. Para isto escolho habitualmente o Booking, mas existem outros sites que podem utilizar para o efeito como o Airbnb, Hostelworld, Pousadas da Juventude, Trivago, Momondo ou os próprios sites dos alojamentos onde pretendam ficar, caso tenham já alguma preferência.

Um ponto relevante é fazer-se sempre a comparação entre os valores apresentados nos diferentes sites para o mesmo alojamento; tendo em conta o modelo de negócio deste tipo de sites de reserva ser baseado na cobrança de comissões aos alojamentos, é possível que os valores variem de site para site, podendo ser mais compensatório, até, reservarem diretamente com o alojamento escolhido.

Contudo, a minha preferência tem recaído sobre o Booking essencialmente pelas seguintes razões: a primeira por ser já cliente Genius, ou seja, tenho acesso a alguns descontos e promoções não acessíveis a utilizadores não Genius – esta atribuição é feita tendo em conta o volume de reservas realizadas no site; este estatuto possibilita-me também ter acesso a um código promocional para partilhar com amigos – o N0DIA293 – que lhes permite ganharem 15€ numa reserva, para gastarem na reserva seguinte – apressem-se a fazer uso do código, uma vez que está disponível apenas para os 10 primeiros utilizadores! O segundo motivo prende-se com o facto de ser um dos sites parceiros do cartão de fidelização da Star Alliance – no meu caso, o TAP Vitoria – onde, por cada euro gasto na reserva, se recebe 1 milha em cartão; as milhas podem depois ser trocadas por viagens ou produtos de muitos outros parceiros do programa. A melhor notícia é que para aderir ao programa de fidelização não é necessário ter-se viajado em qualquer companhia da Star Alliance!

Depois de escolhido o destino e o alojamento basta esperarem impacientemente – se forem como eu – pelo dia da viagem!

 

O que levar?

A lista do que levar numa viagem certamente que variará um pouco de pessoa para pessoa, tendo em conta os seus gostos pessoais, necessidades e a forma como viaja. Contudo, diria que há elementos que devem ser comuns a quase todas e que numa road trip não podem falhar: amigos, boa disposição e boa música!

Depois disso convém não esquecer:

Documentos: numa road trip é fundamental não nos esquecermos dos documentos, quer os nossos, quer os do carro. Parece básico, mas às vezes pode acontecer esquecermo-nos – não que já me tenha acontecido, repare-se!

Cabo carregador do telemóvel e adaptadores: no meu caso, uma vez que utilizo o smartphone como GPS durante a viagem, a bateria tem tendência a sofrer algum desgaste; por isso, levo sempre o cabo e o adaptador de isqueiro para ir recarregando a bateria durante a viagem, se necessário;

Power bank: quando estiverem a visitar locais e a bateria vos começar a falhar por tirarem muitas fotos, vão querer ter uma power bank à mão. Confirmem apenas, antes de sair de casa, se as levam carregadas – isto sim, já me aconteceu e não foi fixe!

Câmera fotográfica: hoje em dia grande parte dos smartphones já possibilitam tirar boas fotografias. Mas, para os amantes de fotografia que gostam de uma certa complexidade e um mais rigoroso controlo das funções, não pode faltar a câmara fotográfica;

Comida e bebida: não falo exatamente em comida suficiente para fazer almoços e jantares, mas o suficiente para ir fazendo um pequeno lanche e ficar hidratada pelo caminho, afinal, não sabemos exatamente onde vamos encontrar o próximo café!

Protetor solar: possivelmente não é das coisas mais óbvias, mas pode verificar-se bastante útil. Uma vez que se pode conduzir durante algum tempo debaixo de sol, nada como protegermo-nos contra os raios UV e não trazermos um escaldão como presente das férias!

Farmácia: ninguém está à espera que aconteça, mas um percalço todos podemos ter e nada como levar um pequeno estojo de primeiros socorros e medicamentos para enjoo; afinal, o caminho nem sempre é direito!

 

Agora que partilhei as minhas dicas convosco, vamos a uma road trip por Portugal? 🚗

 

SE FORES VIAJAR
Aproveita os descontos abaixo quando estiveres a organizar a tua viagem:

 

Cartão Revolut: Regista-te com esta ligação e recebe um Cartão Revolut gratuito e aproveita, entre outras vantagens, as incríveis taxas de câmbio no estrangeiro.

 

Seguros de Viagem IATI: Faz o teu seguro de viagem na IATIIati seguros através do blogue e aproveita os 5% de desconto nos diferentes seguros especializados para viajantes.

 

Deixe um comentário

Close
%d bloggers like this: